Quinny Yezz Stroller




Olá meninas e especialmente mamãs que gostam de viajar. Hoje venho-vos falar de uma coisa que mudou a minha vida no que diz respeito às viagens.  
Não sei se vocês sabem mas eu vou a portugal umas 4 a 5 vezes por ano, o o que significa umas 20 a 24 viagens de avião porque cada vez que vou são 2 aviões para  lá e 2 para voltar. 
Além das viagens eu tenho uma bebé (como a maior parte de vocês deve saber) que vai sempre comigo. Contudo o meu marido só vai 2 vezes por ano no máximo, verão e natal. Ou seja 2 ou 3 vezes por ano eu tinha que fazer 6 a 12 h de viagem com a minha bebé ao colo para ir e para vir. 

Para vos contextualizar , aqui no aeroporto de Trondheim há carrinhos de bebé no aeroporto, então não precisaria de trazer o meu. Contudo as vezes em Amsterdão apanho secas de 1, 2, 3, 4 ou 5 h. E lá não há carrinhos de bebé (grande falha do aeroporto mas pronto!).
Então as minhas viagens eram sempre super cansativas, imaginem, sozinha, com uma mochila as costas e mais um bebe (vamos dizer de 10kg quando era pequena) nos braços  por 12 h , vejam só o filme !! 
Contudo, um dia andava a passear no El Corte Ingles no Porto com a minha mãe e marido e fomos a parte dos bebés. Estava lá uma menina que eu conheço, a Patricia, que é uma simpatia e nos mostrou este carrinho. É um bocadinho caro para as contas portuguesas vamos dizer. Á volta dos 200 euros. Contudo, dobra-se todo (já o faço com uma mão) e vai as costas como uma mochila. Alem de que não preciso de fazer check in dele porque cabe na bagageira (ai de quem o tentar levar de mim eheh just saying) Melhor parte, garantia vitalícia , se se estragar volto ao El Corte Ingles e eles dão me outro. 
Pára tudo!!! Mudou mesmo a minha vida, nunca mais estive que estar no Porto , nem em Amsterdão com a minha princesa ao colo por horas, cansada, eu e ela. Mudou de estar exausta à chegada ao destino para estar bem mais leve. 

Há coisas que mudam a nossa vida e nos dão conforto, há duas para já na minha, este carrinho e antes as palmilhas da Dr Sholl que usei quando estava grávida para trabalhar, nem uma nem outra me deu patrocínio, comprei-as como o meu dinheiro mas resolvi partilhar com vocês.  Especialmente as mamãs , que adoram viajar mas que é complicado viajar com o stroller enorme que temos em casa. 

Beijinhos 
Mafalda


Comentários

Mensagens populares